Você sabe o que é um ataque hacker? Sabe que para a sua empresa seja suscetível a esses ataques, ela só precisa utilizar um computador? Compreende os prejuízos que uma investida hacker pode causar ao seu negócio?  Conhece os tipos de ataques hacker que pode sofrer? 
A investida cibercriminosa acontece quando terceiros manipulam o funcionamento normal de um computador e os seus sistemas. Portanto, esses ataques são realizados com o objetivo de roubar informações privilegiadas de clientes ou sequestrar dados com o propósito de extorsão virtual. Ataques cibernéticos podem trazer danos irrecuperáveis para as organizações, portanto, é importante conhecer os principais tipos de ataques e saber como se proteger deles. Confira!

1. Cavalo de Troia

Geralmente, o Cavalo de Troia tem um único objetivo, gerar a destruição do alvo. Sendo assim, ele se une ao sistema de maneira a inviabilizar o uso do computador ou da rede como um todo. É disseminado, normalmente, por meio de e-mail ou fica escondido dentro de aplicações do interesse do usuário.
Assim, para se proteger desse tipo de ataque é necessário ter um antivírus constantemente atualizado e evitar fazer download de arquivos em sites e servidores não confiáveis. Desconfie também de links e anexos estranhos enviados por e-mail.

Data Center Virtual Brasil Cloud

2. Ataques Hacker: Ransomware

O Ransomware ou sequestrador de dados é um ataque que bloqueia o computador, servidor, smartphone com o propósito de impedir que o usuário o acesse até que seja pago um resgate. Esse ataque também pode criptografar os arquivos utilizando uma chave que somente o sequestrador tem.
É realizado, em sua maioria, através de um e-mail malicioso ou site comprometido. Desse modo, para evitar ser infectado com um ransomware é necessário que seu sistema operacional e aplicativos estejam atualizados e que você tenha um antivírus. Não se esqueça também de realizar regularmente backup dos arquivos da sua empresa.

3. Port Scanning Attack

É um malware que busca vulnerabilidades no sistema. Esse ataque procura encontrar uma porta disponível para explorar os arquivos que compõem o servidor. Por isso, para se proteger desse malware é necessário que sua empresa tenha um antivírus atualizado.

4. DDoS Attack

O ataque hacker DDoS (Distributed Denial of Service, em inglês), tem como propósito sobrecarregar a rede de um computador ou servidor de uma empresa, esgotar seus recursos de memória e processamento e fazer com que o site fique indisponível para ser acessado por qualquer usuário. Essa investida é realizada por vários atacantes de uma vez, e o alvo não aguenta a demanda das requisições e sai do ar, impossibilitando qualquer interação ou acesso.
Ter um site fora do ar pode causar grandes prejuízos para as corporações, portanto é necessário saber evitar esse tipo de ataque. No entanto, atualmente há ataques de DDoS na conexão de Internet de empresas, onde visam prejudicar o acesso à rede. Sendo assim, invista em largura de banda, firewall , além de ter um profissional de TI capacitado para lhe auxiliar se esse tipo de ataque lhe acontecer.

5. Ataques Hacker: Brute Force

O Ataque de Força Bruta é muito utilizado para invadir e quebrar chaves de senhas. Pode ser realizado manualmente, ou seja, o hacker faz a tentativa de acesso de um login e senha preenchendo os campos de forma manual, digitando palavra por palavra e efetuando tentativas de login no serviço em questão. Ou de forma automática por meio de um software que bombardeia diversas senhas por segundo até quebrar a chave, por isso o nome Força Bruta.
Há diversas formas de evitar ou neutralizar esse tipo de ataque. Se você é um programador, é sempre bom utilizar funções que bloqueiam uma determinada conta após X tentativas de login. Também programar para que esta conta esteja disponível para novas tentativas de login após X minutos.

Dessa forma, seu software, site, servidor estará menos propício a ataques deste tipo. Há também firewall que bloqueia essa tentativa, banindo até o IP de conexão do usuário que digitou a senha errada várias vezes consecutivas.

backup em nuvem banner

6. ZeroDay

O ZeroDay é um tipo de ataque hacker que explora uma brecha do software. Isto é, quando é descoberta uma abertura em uma porta de um software, cibercriminosos, especialistas em seguranças e os desenvolvedores travam uma corrida para conseguir explorar essa falha ou corrigi-la. Ou seja, esse ataque nada mais é do que a exploração de uma falha de segurança com o objetivo de ganhos financeiros ou roubo de dados confidenciais. E para se proteger a empresa deve adotar boas práticas de segurança preventiva, ter proteção ativa e medidas de resposta a incidentes bem planejadas.

Neste artigo você aprendeu quais são os 6 principais tipos de ataques hacker e como proteger a sua empresa dessa ameaça. Agora está na hora de você aprender como garantir a segurança da informação na sua organização. Boa leitura!

autor leandro