O domínio é uma das partes mais essenciais do seu site, é a partir dele que os seus clientes têm o primeiro contato online com a sua empresa. Portanto é importante escolher uma empresa de confiança para administrá-lo. Vários fatores levam uma empresa a optar pela transferência de domínio, entre eles estão a insatisfação com a prestadora de serviço de hospedagem do site/e-mails, a opção de ter mais soluções digitais agregadas e menor valor na hora de renovar o domínio.

Se você não está feliz com a empresa que gerencia os seus domínios, não se preocupe! Neste artigo vamos mostrar como funciona a transferência de domínio, além de explicar a diferença entre transferência técnica e de titularidade. Boa leitura!

Como funciona a transferência de domínio?

O processo de transferência de domínio consiste em mudar de um provedor de domínios para outro. Mas não é necessário configurar a zona de DNS’s novamente, ou seja, esse processo muda os provedores, mas mantém as configurações inalteradas. O tempo de duração da transferência geralmente é bem rápido. Portanto, Para realizar a liberação do domínio o usuário gasta em torno de 30 minutos e a transferência é concluída após sete dias da solicitação. A transferência de domínio normalmente não possui custo nenhum, mas o que pode acontecer é o novo provedor exigir que o usuário adquira um ano adicional de assinatura do serviço.

Registro de domínio

O que é transferência técnica?

A transferência técnica consiste em transferir o domínio da empresa onde ele está registrado para uma nova companhia. Por isso, para realizar a transferência do domínio é necessário informar a chave de autorização EPP, que é um código criado automaticamente quando um novo domínio é registrado. Para transferir um domínio nacional é necessário acessar o site registro.br e logar com sua conta, depois é só prosseguir com os seguintes passos:

  • clicar na caixa “titularidade”;
  • ir em “editar informações”;
  • buscar por “provedor de serviços” e clicar em “selecionar outro provedor”;
  • selecionar a empresa para a qual você está migrando e clicar em “salvar”.

Enfim, após esses passos, é só preencher o formulário da empresa para a qual você migrará. Enquanto para realizar a transferência de domínio internacional é necessário que primeiro você desbloqueie o domínio. Cada empresa possui um local diferente para realizar o desbloqueio, portanto você precisa entrar em contato com o seu administrador. Após realizar o desbloqueio você precisa do código de autorização, ou código EPP. Com isso em mãos, é só solicitar a transferência na empresa para onde você quer migrar.

O que é transferência de titularidade?

A transferência de titularidade significa trocar o nome e CPF/CNPJ do titular do domínio. Ou seja, o domínio vai passar a ser de outra pessoa. Portanto, para realizar a transferência é necessário acessar o site registro.br e preencher o formulário de transferência. Em seguida, será gerada uma carta de solicitação que deve ser preenchida, ter reconhecimento de firma do titular atual do domínio e incluir os dados e documentos do titular atual e do novo.

Como você pôde perceber, a transferência de domínio é um processo rápido e simples. E além disso, seu custo, quando existe, é baixo e a duração do processamento é rápida. Porém, para que não ocorram erros é importante contar com uma ajuda profissional especializada. E você? Está pensando em implementar melhorias no site da sua empresa? Então, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas sobre domínios e hospedagem! Teremos prazer em lhe atender!

autor leandro