Muito se tem falado sobre a importância de empresas e negócios investirem nas redes sociais. Afinal, tratam-se de canais valiosos para estabelecer um canal de comunicação assertivo com o público. Além disso, serve para promover interação nos conteúdos e produtos da marca.

Dessa forma, podemos afirmar, com segurança, que toda empresa que busca divulgar produtos e serviços de maneira eficiente e manter uma relação próxima e duradoura com o seu público-alvo, precisa marcar presença nas redes sociais.

Para se ter uma ideia, de acordo com o relatório Global Digital Statshot 2019, realizado pelas empresas Hootsuite e We Are Social, 3,5 bilhões de pessoas utilizam as redes sociais no mundo. Ou seja, 3,5 bilhões de oportunidades de apresentar a sua marca.

Sendo assim, separamos uma lista com 4 formas simples de criar uma estratégia de marketing nas redes sociais. Neste post, você verá um passo a passo valioso para ter sucesso nas plataformas. Continue lendo e confira!

1. Planejamento inicial

Portanto, o primeiro passo para investir nas redes sociais é elaborar um planejamento inicial para suas ações. Afinal, de nada adianta sair criando uma série de páginas e perfis sem ter um plano prévio. Para isso, é necessário:

  • Definir o público-alvo do seu negócio;
  • Identificar em quais canais os seus potenciais clientes estão;
  • Avaliar a concorrência e tendências. Como, por exemplo, ensaios não destrutivos;
  • Entender o comportamento do usuário;
  • Estudar o tipo de abordagem que será utilizada.

Em resumo, tudo em marketing exige um planejamento inicial. Claro, a parte prática é muito mais interessante. Mas sem um bom planejamento, certamente você não terá bons resultados.

2. Defina seus objetivos

O próximo passo para criar uma estratégia de marketing nas redes sociais é definir o que a sua marca espera delas. Dessa forma, geralmente, as empresas partilham dos mesmos objetivos, como:

  • Exposição da marca: fazer com que seu negócio seja visto pelo público;
  • Geração de tráfego: gerar tráfego qualificado para o site. Visando, assim, aumentar a atividade da página;
  • Geração de leads: criar interesse pelos serviços e produtos da marca. Faça isso por meio de ações atrativas;
  • Vendas: ações que visam exclusivamente a venda. Seja de algum produto ou serviço. Como, por exemplo, placas de sinalização de segurança.

3. Produção de conteúdos

O marketing de conteúdo é uma das principais estratégias utilizadas. Ainda mais quando falamos da exposição de uma marca nas redes sociais. É com ele que você irá atrair o público de forma genuína. Ou seja, sem ‘’empurrar’’ produtos e serviços.

Para isso, entenda as necessidades do público-alvo da sua marca. E, a partir disso, publique conteúdos que atendam a essa demanda.

É necessário compartilhar conteúdos relevantes. Isto é, que eduquem e agreguem algo à vida do usuário. Isso em qualquer nicho. Como, por exemplo, manutenção de aquecedor a gás.

arquivo em nuvem

4. Monitoramento e métricas

Por último, e não menos importante, é fundamental definir um plano de monitoramento e análise de resultados das suas ações nas redes sociais. Afinal, o que não pode ser medido, não pode ser gerenciado.

Para que você possa acompanhar o desempenho das suas estratégias você precisará, em primeiro lugar, apostar em ferramentas que avaliam as métricas das suas páginas. Avalie pontos como o Pixel de Conversão do Facebook, por exemplo.

Lembre-se de evitar métricas de vaidade. Sendo assim, concentre-se no que realmente vale a pena: suas taxas de conversão.

Gostou do nosso post sobre como criar uma estratégia de marketing nas redes sociais? Então, compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse artigo foi escrito por Beatriz Barros, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.