A cloud computing já faz parte de várias empresas e de diferentes formas. São estratégias que se adequam à realidade da empresa. Mas também às suas demandas de acordo com o que colaboradores, gestores ou diretores precisam para a organização. Uma dessas formas é o Cloud Stack.

O Cloud Stack agrupa recursos de computação para montar a infraestrutura de private clouds, public clouds bem como clouds híbridas como IaaS. A ferramenta dá acesso ao gerenciamento de toda a infraestrutura da nuvem em sua plataforma de software.

Antes da doação à Apache Software Foundation, o Cloud Stack surgiu com o nome de VMops em 2008. O líder encabeçador desse primeiro movimento foi Sheng Liang. Além disso, foi ele quem identificou as vantagens de tornar a solução multi-hypervisor. Em 2010 a chamada VMops era referência no marketing, mas também no domínio dos serviços cloud. Quando se tornou Cloud Stack já foi consagrada com 98% do código fonte aberto.

Ele permite fácil acesso aos servidores. Desse modo, todos os usuários possuem as ferramentas base para uma rotina de trabalho. Isto é, sem indisponibilidades ou dificuldades.

Funções do Cloud Stack

  • API (Interface de Programação de Aplicativos) com documentação completa;
  • Controle de recursos;
  • Suporte adequado para criação e realização de serviços online;
  • Administração de diferentes nuvens no mesmo ambiente;
  • Gerenciamento de usuários em um ambiente centralizado e integrado.

É importante mencionar que essa ferramenta é extremamente poderosa já que facilita a gestão de recursos, acelera o deploy de novos produtos, melhora o uso de recursos e automatiza rotinas.

O Cloud Stack é utilizado por diversos provedores de cloud computing. Além disso, é certo que você também pode beneficiar a sua empresa com esse uso.

Para isso, acesse Brasil Cloud para entrar em contato com a equipe. Dê o primeiro pontapé para iniciar esse processo de grande transformação!