Muitas pessoas têm dúvidas quanto aos termos domínio e hospedagem. Já adiantamos que são coisas diferentes, mas que são fundamentais para criar qualquer página na Web. Ainda confuso? Fique tranquilo que neste post mostraremos não apenas a distinção entre um e outro, mas também quais são as funções de cada um e de que maneira são utilizados na criação de um site.

Características de um domínio

Por meio de um domínio é possível acessar qualquer coisa na internet. Ou seja, domínio trata-se do registro de um nome. Mais precisamente o endereço que o site tem quando for digitado no navegador. Sendo assim, sua função é simples: permitir que os internautas localizem e identifiquem uma empresa ou pessoa por meio do seu navegador de Internet.

Tecnicamente falando, os domínios traduzem os números de IP (Internet Protocol/Protocolo de Internet) para os nomes que os representam na Web. Imagine ter que digitar “179.184.115.223” para acessar o Google. Nada funcional, correto? Pois então, é para facilitar as buscas na Internet que eles foram criados. Cabe salientar que um domínio é formado por um nome e uma extensão. Exemplo: www.brasilcloud.com.br, esse é o nosso domínio, nosso endereço na Web.

Visto isso, saiba que a estrutura de uma URL pode-se diferenciar. Quando se trata de sites originados no Brasil, a extensão poderá ser .com.br. Quando relacionado à instituições não governamentais, a terminação usada será .org. E outro exemplo, quando for referente à instituições governamentais, o final poderá ser .gov.

Enfim, todas extensões funcionam do mesmo modo e em qualquer lugar do mundo. A única diferença é a regulamentação, já que cada uma é regida por um órgão em específico. As principais, além das citadas anteriormente são:

  • .com;
  • .net;
  • .org;
  • .info;
  • .tv.

Para adquirir um domínio para sua empresa você precisará verificar a disponibilidade do mesmo, em sites como o registro.br ou por meio de uma empresa de hospedagem.

Registro de domínio

Mas afinal, o que é hospedagem?

Códigos, textos e imagens: juntos esse grupo de arquivos é o que compõe os sites e as páginas Web que encontramos na rede. Tais componentes só poderão ser visualizados através dos navegadores, entretanto, para ser possível acessá-los eles devem estar armazenados em um servidor, serviço pelo qual recebe o nome de hospedagem.

Para facilitar o seu entendimento, pense na hospedagem como o espaço online para alocar o site da sua empresa. É nesse “território” que você armazenará os seus conteúdos de forma a torná-los acessíveis para os visitantes e/ou clientes.

E como você faz para ter seu “espaço” na Internet? Existem soluções de hospedagem gratuitas, mas que podem incluir a publicação de banners de publicidade de outras empresas no seu site, como forma de compensação por não cobrarem pelo serviço. Além disso, o suporte e recursos oferecidos a você podem ser limitados. E também há o serviço de hospedagem pago, que proporciona maior controle, personalização de serviços, espaço de armazenagem, tráfego de dados, dentre outros recursos.

Leve sempre em consideração a confiabilidade, afinal de contas, você não vai querer que seu site fique fora do ar ou corra o risco de ser hackeado, não é mesmo?

Domínio e hospedagem se complementam

Por fim, não poderíamos deixar de falar que domínio e hospedagem são elementos que se encaixam quando o assunto se refere ao desenvolvimento de uma página da Internet. Essa é a razão principal para a confusão dos termos. A questão a ser destacada, nesse caso, é que não há como criar um site sem domínio e disponibilizá-lo na rede sem hospedá-lo em algum servidor.

Enquanto a hospedagem funciona como uma casa, o domínio representa o seu endereço na Web. Ambos se articulam, possibilitando que as pessoas encontrem com facilidade os conteúdos que procuram na Internet. Simples assim.

Hospedagem de Site

Esperamos que você tenha entendido a diferença entre domínio e hospedagem. Lembre-se que ambos são gerenciados separadamente e influenciam diretamente no sucesso do seu site.

autor maria