Ao começar um novo negócio, são muitas as questões que permeiam a mente de um empreendedor. Tudo precisa ser muito bem organizado e algo que não pode ser negligenciado é a estrutura de TI adotada pela empresa. É preciso escolher, portanto, entre Data Center ou Nuvem para o armazenamento de dados da organização.

Porém, é comum que os empresários tenham dúvidas acerca desse assunto e não saibam como proceder para fazer tal escolha. Se você também tem essa dúvida, confira os tópicos a seguir e tire a conclusão sobre qual é a melhor solução para o seu negócio.

O que é e como funciona um Data Center?

Data Center ou Centro de Processamento de Dados é um espaço onde são mantidos servidores físicos. Este local pode ser na própria empresa (C.P.D) ou, então, em um ambiente externo contratado (I.D.C). Ele funciona 24 horas por dia, porém, necessita de constante monitoramento e cuidados para que não se danifique por conta da temperatura e da umidade do local, por exemplo. Também é necessário zelo com a segurança para que vazamentos ou perdas de dados não ocorram.

E Computação na Nuvem?

Computação na Nuvem, ou Cloud Computing, em inglês, é uma opção mais moderna de armazenamento. Ela permite que os dados da empresa fiquem salvos virtualmente no ciberespaço, sem a necessidade de ter um equipamento físico para guardar arquivos e documentos. Essa independência geográfica também é relevante para que os itens possam ser acessados em qualquer local, não necessariamente em computadores da empresa apenas.

Data Center ou Nuvem: quais são as principais diferenças?

Elencamos as principais diferenças entres esses dois locais de armazenagem. Veja!

Escala planetária de gestão de serviços

Os Data Centers precisam ficar em locais físicos, que podem sofrer com intempéries e desastres, como incêndios ou enchentes, fazendo com que todas as informações se percam. Já armazenar os dados na Cloud Computing não permite que isso aconteça, uma vez que a empresa não precisa de estrutura física. O que faz a chance de os dados serem perdidos se reduz consideravelmente.

Segurança

Em um Data Center, é preciso ser cauteloso com a segurança, como por exemplo, permitir o acesso apenas de pessoas autorizadas no espaço. No caso da Nuvem, são utilizadas tecnologias, como a Private Cloud, que possibilita que apenas pessoas com usuário e senha cadastrados possam acessar os dados da empresa.

Flexibilidade e escalabilidade

Por meio de servidores dedicados, o Data Center não compartilha o espaço de armazenamento com outras empresas. Porém, se você desejar aumentar o tamanho disponível para guardar arquivos, deverá investir na compra de novos equipamentos. A Nuvem, por outro lado, oferece a vantagem de ter mais flexibilidade e escalabilidade, isto é, permite que o espaço seja aumentado sem gastos exagerados e burocracia.

Modelos comerciais de um Data Center

Colocation: o cliente aloca um espaço determinado para “Colocar” seus servidores dedicados dentro do ambiente do data center. Neste modelo o data center mantém a gestão de acessos físico, energia, climatização e prevenção de incêndios. O Cliente tem acesso pleno aos seus servidores e ele mesmo que realiza o gerenciamento. Ideal para empresas que tem aplicações de alto valor e precisam de uma ambiente profissional para seus servidores.

Hosting ou Servidor Dedicado: o cliente aluga um equipamento dentro do Data Center e possui pleno gerenciamento dos servidores. Indicado para empresas que não querem investir em aquisição de estrutura física. Atualmente é muito utilizado, uma vez que a empresa não tem a depreciação de patrimônio.

Cloud Server e Private Cloudo cliente contrata o Cloud Server (servidor na nuvem) para executar suas aplicações. Hoje em dia é a tecnologia que agrega maior custo benefício, pois é possível contratar por mês ou hora de uso (pagando apenas pelo que realmente utilizar). O upgrade (aumento) e downgrade (diminuição) do Cloud Server é bem simples e rápido de ser realizado (elasticidade computacional).

Em um Private Cloud, o cliente pode contratar recursos computacionais dedicados a sua utilização, desta forma, o próprio cliente via painel de controle pode ter um “data center virtual” e provisionar toda a arquitetura computacional. Aconselhado para qualquer empresa que deseja ter uma alta performance computacional sem investir em máquinas e suporte físico. Permite que a empresa foque em seu negócio ao terceirizar os  serviços de infraestrutura com alta tecnologia e qualidade.

Investimentos

Ter um data center pode representar um gasto elevado para muitas empresas, sobretudo, aquelas de pequeno e médio porte, que não têm tantos dados para serem guardados. Já armazenar na nuvem pode sair bem mais barato, pois, após a contratação do serviço, será paga apenas uma mensalidade para mantê-lo. Ou, futuramente, deverá ser pago para aumentar o espaço, conforme negociado com o fornecedor do serviço e escolha da empresa.

De maneira geral, podemos dizer que ambos os serviços, Data Center ou Nuvem têm qualidade e podem ser boas soluções para as empresas. Cada organização antes de escolher deve pensar em alguns fatores, como o valor disponível para investir e as suas necessidades. A Brasil Cloud é uma empresa focada na prestação de serviços de infraestrutura e está à disposição para ajudá-lo na escolha certa para o seu negócio. Entre em contato conosco e saiba mais sobre o nosso trabalho.

autora maria