O isolamento social gerado pelo novo coronavírus (Covid-19) causou uma série de impactos nos âmbitos corporativo e econômico do País. Com isso, a grande maioria das empresas presenciou a recessão financeira, tendo que agir rapidamente para contornar a situação.

Nesse sentido, podemos afirmar, com segurança, a importância de contar com uma gestão de crise eficiente nas empresas. Afinal, essa é a melhor ferramenta para lidar com a falta do desenvolvimento econômico e com os efeitos nocivos gerados por uma crise.

No entanto, é importante ressaltar que todas as companhias estão sujeitas a uma situação de crise, que pode ser gerada por fatores externos, como o novo coronavírus, ou por elementos internos, como acidentes de trabalho e polêmicas de imagem.

Mas, independente dos fatores, é fundamental contar com uma gestão de crise eficiente para lidar com o momento da melhor forma possível. Para te auxiliar nesse processo, listamos, a seguir, 4 formas simples de contornar a crise. Continue lendo!

1. Defina a comunicação com a equipe

O primeiro passo para fazer uma gestão de crise assertiva é definir a comunicação com a equipe. Ou seja, é necessário conscientizar os colaboradores sobre a importância do momento, explicando as medidas a serem tomadas e os responsáveis por cada ação.

Dessa forma, é responsabilidade do gestor munir todos os funcionários com informações a respeito do negócio, a fim de padronizar a comunicação entre clientes, fornecedores, distribuidores e até mesmo equipes de moinho de milho, por exemplo.

Com isso, fica mais simples acompanhar o processo de tomada de decisões e agir de forma imediata, contribuindo com os aspectos financeiros e produtivos da empresa.

História do Email

2. Elabore um manual de crise

Outro ponto muito importante para fazer uma boa gestão de crise é justamente criar um manual para contorná-la. Em resumo, este documento deve conter os pontos fracos e fortes da companhia e como os profissionais devem se posicionar diante da situação.

Além disso, é importante enfatizar no manual de crise o comitê responsável por lidar com a crise, visando a definição de funções e o andamento de processos. Isso vale para qualquer nicho, até mesmo os industriais, como insumos para cerveja.

3. Comunique-se com o público

Os clientes são a peça chave para o sucesso de qualquer companhia. Por isso, mesmo diante da crise, não deixe de interagir, engajar e promover entrosamento entre o público-alvo da sua marca.

Contudo, o momento exige um pouco mais de seriedade, certo? Para isso, comunique expectativas, mostre o que a empresa está fazendo para contornar a crise e tente, ao máximo, repassar segurança para o público. Isso em qualquer segmento, como marcas de masterbatch.

4. Aprenda com a crise

Por fim, é fundamental refletir sobre a situação que vivemos hoje. Antes da pandemia criada pelo novo coronavírus, o Brasil não tinha nenhuma cultura de trabalho voltada ao home office: muito menos uma legislação de trabalho remoto.

No entanto, essa é uma das melhores alternativas para manter as atividades corporativas e combater o número de casos. Além do mais, muitos comércios que não atuam com entregas, por exemplo, viram o delivery como a única saída para manter os lucros.

arquivo em nuvem

Portanto, não deixe de refletir sobre a crise e avalie como essas mudanças podem interferir no futuro do seu negócio!

Gostou do nosso post sobre como fazer uma gestão de crise eficiente? Então, compartilhe com os amigos e deixe o seu comentário!

Esse artigo foi escrito por Beatriz Barros, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.